Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando a Tarde Cai!


O sol se escondendo no horizonte,
parece tristonho como se não
estivesse querendo partir.
E,olhando-o desaparecer lentamente,
meu coração também sente o que ele sente
e, parando de sorrir, sente o peito sufocar
com uma lágrima que na face começa a rolar!

O céu parecendo agoniado,
fica todo avermelhado
enquanto ver o sol sumindo,
e,os primeiros beijos
da brisa da noite,
ja se aproximam sorrindo!

Que falta me fazes ó sol!
Enquanto te vejo brilhando,
sinto minh'alma aquecida
e,meu coração se iluminando.
Mas, quando o dia chega ao fim,
e, a tarde começa a cair,
nada mais tem alegria para mim!

A tristeza me  invade,
e, no peito, o coração
chora à dor da solidão!
Quando escurece,
minh'alma aflita,
na noite fria e vazia
eleva-se a Deus,
e, em preces ora a Ave maria!



 
MARIA SOCORRO
Enviado por MARIA SOCORRO em 04/04/2013
Reeditado em 04/04/2013
Código do texto: T4223614
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Maria Socorro Teixeira de Castro ( Florzinha)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIA SOCORRO
João Pessoa - Paraíba - Brasil, 67 anos
4144 textos (1302366 leituras)
5 e-livros (3436 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 11:37)
MARIA SOCORRO