Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LÁGRIMA



Lágrima



Escondo
o
 encanto,
desvio
 calada
o
 pranto.
Desdigo
a
cor
do riso.


 Fonte
tremente,
vela
no rosto
à
deriva.

Rio
fluindo,
desvendo
a
raiz de mim,
roxo lírio.


Levo
desfeito
mar
magoado

expondo
o
querer
sonhado


Se
em minha fonte surgira
a
esperança
o
brilho claro
a
ventura
o
arco íris
a
opala
o
 claro esplendor
da aurora!









3/8/2002

 

Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 29/10/2005
Reeditado em 11/08/2006
Código do texto: T65180
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 68 anos
1268 textos (136950 leituras)
60 áudios (14442 audições)
9 e-livros (6373 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/08/20 16:45)
Maria Petronilho

Site do Escritor