Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Não, não sei como falar-te
Desta alma sonhadora
Que olhando o céu desenha
Uma paisagem colorida
Entre as nuvens imagina
Um mundo que se desdobra
Paralelo a este outro
Donde minha alma se evola

Sou a eterna criança
Brincando à beira da praia
Vou desenhando na areia
Versos que o mar de repente
Desfaz e refaz em espuma

Mas sorrio, não me importo
Fico na margem tranquila
Vendo a areia que rola
E o meu sonho recomeça
Erguendo castelos de espera
Em minha alma, sonhadora.



Maria Petronilho
Lisboa, 5/12/2003
Maria Petronilho
Enviado por Maria Petronilho em 28/12/2004
Reeditado em 17/12/2006
Código do texto: T990
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Maria Petronilho
Almada - Setúbal - Portugal, 67 anos
1265 textos (136730 leituras)
60 áudios (14440 audições)
9 e-livros (6345 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/05/20 23:49)
Maria Petronilho

Site do Escritor