Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dia Nacional da Poesia - 14 de março

Poesia


Permaneces
Nas curvas e retas das minhas mãos
Audaz a percorrer meus caminhos
Linhas da vida, onde pulsas em versos
Escrevendo-me nua em emoções

Permaneces
Na paisagem dos meus olhos
Em romântica e lírica vigília
A derramar-se em estrelas multicores
Acendendo as rimas do meu coração

Permaneces
No mistério dos meus lábios
Sussurrando-me em reticências e interrogações
Despertando as letras que dormitam
No labirinto da minha inspiração

Permaneces
Na minha voz que se ilumina
Quando apenas teu nome dedilham
E afinas com maestria e harmonia singulares
Os sons que tocam a aurora dos meus sentidos

Permaneces
Nas pétalas orvalhadas dos meus sonhos
A acalentar os jardins suspensos da minha alma
Desabrochando palavras nunca lidas
Que florescem em minhas estações

Permaneces
Na madrugada dos meus pensamentos
Bebendo dos segredos que embriagam meus silêncios
Em ti jorro minhas paixões e quereres
Sedenta me acolhes em teu ventre de céu

© Fernanda Guimarães
Fernanda Guimarães
Enviado por Fernanda Guimarães em 14/03/2009
Código do texto: T1485749

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fernanda Guimarães
Fortaleza - Ceará - Brasil
430 textos (66600 leituras)
9 áudios (1844 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/06/19 17:32)
Fernanda Guimarães