Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
ESSE SAMBA
Nadir A. D’Onofrio

Cadenciado, no compasso marcado
Mexe comigo fazendo-me delirar.
Seja na pista de dança, na avenida,
Ou só para te conquistar...
Mexo, remexo, requebro o quadril,
Nesse momento sou tentação
Venha cá, sambar também!
Sinta a energia entre na sintonia.
Sê não quiser sambar, comigo,
Simplesmente apreciei
Dizes que sou um violão!
Vais afinar... esse instrumento...
Descendo e subindo a ladeira
Sambando na ponta do pé.
Olhares atraindo
Provoco, desejos, incontidos
Só que é no nosso barraco,
Que darei o maior espetáculo,
Ali não quero, ninguém, nem mesmo,
Cuíca, pandeiro, cavaquinho.
Dispo-me de tudo
Entrego-te, somente o violão...
Toque-o como determinar
Seu, apaixonado coração...

10/05/2005
12:50
Santos / SP
Respeite Direitos Autorais.



 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 17/05/2005
Reeditado em 16/08/2020
Código do texto: T17462
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
947 textos (103350 leituras)
147 áudios (14213 audições)
12 e-livros (3173 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/11/20 01:24)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor