Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

nada a comemorar

                       viva Zumbi!

pra quê ser tão radical
ao admitir com veemência
que não tem cor a consciência
que se quer de negro pintar?

temos que comemorar
a libertação do escravo,
a rosa do jugo do cravo,
o fim da injustiça social?

ou nada se tem a brindar?
cor a alma não tem
nem preço a atribuir

o corpo se quis explorar
mas disso ainda hoje também
o negro não pode fugir


Rio, 20/11/2006
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 20/09/2007
Código do texto: T660207

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6828 textos (148001 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 03:03)