Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Poeta

O Poeta canta as flores
seus perfumes e matiz
mais ninguém canta os labores
e heroísmos das raízes.

Do verde da mata, nasceu à beleza,
da solidão dos campos nasceu a tristeza,
das cores plumada de nossa terra
só existiu foi você.

Assim nasce o Poeta,
cheio de sonhos e reflexo
com amor as coisas sutis,
infinitos de sonhos cheios de amor.

Contamos e narramos de mão em mão,
glorificamos nossos sonhos
repletos de amores e dores,
cheios de frutos amenos e doces.

Poeta, um eterno sonhador!

-Homenagem ao dia do Poeta

Francisco Amorim
Escrita em 03/08/89
Francisco Amorim
Enviado por Francisco Amorim em 06/11/2007
Código do texto: T726322
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Amorim
Aparecida de Goiânia - Goiás - Brasil, 57 anos
42 textos (1635 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/17 20:56)
Francisco Amorim