Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VITÓRIA

Pois é...
Eu percebi ela chegar.
Pude sentir seu cheiro no ar.
E de braços abertos, deixei-a entrar.
E ela foi chegando...
Seduzindo-me...
Encantando-me.
Mas também eu fiz por merecer.
Ralei muito para tudo acontecer.
Enfrentei o preconceito...
O despeito...
A inveja.
As feras de plantão.
Lutei dia a dia
Sob chuva.
Sob sol.
Plantando a semente pelo chão.
E hoje, a vejo chegar.
Imediatamente a reverencio,
E a deixo entrar.
Por favor, não faça cerimônias...
Entre!
Sim querida, eu fiz por merecer.
Portanto VITÓRIA, agora:
Só eu e você.

Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 27/12/2009
Código do texto: T1998224

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
345 textos (32879 leituras)
3 áudios (633 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 17:26)
Iolanda Brazão