Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mateando ao fim de mais um dia

Começo de um novo escurecer,
Linda e deslumbrante, à noite a aparecer...

Amargo, verde e quente, meu mate consumia,
Vida desejada aos pés de mais um deslumbro
Que minha desejada Noite viria...

Mais um gole em meu afago,
Verdejante e cheiroso chimarrão eu bebia,
Logo, eu percebia
Na calada e silenciosa Lua, viveria...

Aquecendo meu corpo queria,
Mais uma Noite a chegar
Com minha presença glorificava
Meus desejos não iludibriava
No ser que me apresentava...

Mãe Noite, Sacerdotisa Lua,
Finalmente chegastes
Pra me beijar e me fazer compania
Como amo quando as senhoras me tocam
Deite-me e sinta minha fé
De mais um dia ter que espera-las...
baccarin
Enviado por baccarin em 23/08/2007
Código do texto: T620590

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
baccarin
Araraquara - São Paulo - Brasil, 36 anos
1110 textos (31142 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 02:03)
baccarin