Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FAXINA

FAXINA
Uma tempestade invadiu
o pátio da minha rotina,
desligando as tomadas
e bagunçando as cortinas
das minhas janelas invisíveis.
Uma realidade transformada,
diferente e bagunçada,
precisando ser refeita
nas próprias diretrizes disponíveis.
Uma desordem necessária
pra colocar em ordem as cadeiras e o chuveiro.
Dizem que choveu no mundo inteiro
nessa brincadeira de mau gosto,
também dizem que é no mês de Agosto
que tem vento e temporal.
Uma faxina nessa bagunça dói,
mas quando o castigo vem de cima,
algo bom logo se aproxima de nós.
Muita sujeira ficou na peneira
nessa grande inundação.
O resultado foi imediato,
veio comida, morreram os ratos
e ainda tem gente brigando
como cães e gatos,nessa linda
e abençoada transformação . . .

homenino poeta
Enviado por homenino poeta em 24/10/2007
Reeditado em 24/10/2007
Código do texto: T708035

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (homenino poeta http://www.homeninopoeta.prosaeverso.net/). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
homenino poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
2153 textos (102607 leituras)
69 áudios (15242 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/12/17 13:54)
homenino poeta