Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
FONTE DA PAZ

Sozinho no meu deserto
eu estive bem perto
de me entregar
à solidão.
Mas você chegou,
e sorrindo,
disse que era lindo
olhar as estrelas 
na escuridão

Contou as estrelas comigo,
falou-me de um Deus que é amigo,
me disse que a indiferença
é uma doença do coração.
E havia no seu falar
um jeito tão doce de amar
que eu te contei meu segredo
e não tive mais medo
 da escuridão

Você olhou-me profundamente
e disse que agente
é como a semente
que alguém semeou.
Que uma nasce e frutifica
mas que outra fica
seca sob a terra
que ninguém cuidou.

Agora eu já compreendo
que o sofrimento
é como o fermento
da felicidade
e mesmo que haja um deserto
eu terei descoberto
a fonte da paz
na sua amizade.
silasol
Enviado por silasol em 21/07/2006
Reeditado em 21/07/2006
Código do texto: T198540


Comentários

Sobre o autor
silasol
Sabará - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
677 textos (84862 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/03/21 03:26)
silasol