Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tanta distância e tanto silêncio
assediam-me no ir e vir dos dias
questionando a minha certeza
sobre os seus sentimentos.
A sua ausência faz gotejar em mim
uma saudade inútil
da alegria repartida
em manhãs de domingo,
enquanto colhíamos raios de sol
no jardim de nossa amizade.
As flores já me não revelam seu cheiro,
 o vento sussurra uma canção diferente
e as noites se deixam embalar
na rede do tempo
sem nenhuma pressa de ir embora.
Ah, minha doce e querida amiga...
Não tente imaginar como  me sinto
sem ser inundado pela luz suave
dos seus olhos grandes e negros,
sem a força restauradora
do seu abraço e do seu sorriso.
Não, claro que não, não é amor!
O que sinto é mais infinito,
é mais coração
é mais bonito.



silasol
Enviado por silasol em 19/11/2011
Código do texto: T3344474


Comentários

Sobre o autor
silasol
Sabará - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
677 textos (84956 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/04/21 05:17)
silasol