Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Viemos do mesmo útero

Viemos do mesmo útero

Há coisas inexplicáveis em nossas vidas. Você encontra uma pessoa um “tanto” você. Gente boa, faladora, bom humor, altruísta, parece perfeita. Parece? Por que não é? Sendo seu reflexo, onde está a imperfeição?
Viemos do mesmo útero. Por que você é assim turrona? Cabeça dura? Por que não ser diferente? Mude, só fará bem a você. Deste mundo não levaremos nada, só deixamos, então dê bons exemplos, será um rastro a ser seguido. Há no caminho rumo ao céu, obstáculos que devemos transpor. Situações adversas que nos fazem evoluir. Aconselhar, pedir conselhos, ajudar, pedir ajuda, doar e outros. Pedir ajuda cabe a qualquer pessoa. Você diz uma coisa que deveria mudar, “morro e não peço socorro”. Pra que? Devemos todos ser mais humildes. Bom, todos, inclusive eu, já que sou um reflexo seu. Eu?
Eis aqui uma boa hora para analisarmos um dos quatro pilares da sabedoria indiana.
“Ninguém entra em nossas vidas por acaso. Todas as pessoas ao nosso redor, interagindo conosco, têm algo para nos fazer aprender e evoluir em cada situação”.
Olhando e vendo seus erros, já que somos sósias, que nosso caminhar seja eterno para buscar a perfeição, escutando ao outro, que lá no fundo sabe, comete este mesmo erro. Por isso é especial a minha vida toda, é minha estrada para a evolução.

Paulo Cesar
Paulo Cesar Santos
Enviado por Paulo Cesar Santos em 19/01/2018
Código do texto: T6230478
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Cesar Santos
Toledo - Paraná - Brasil, 47 anos
286 textos (2291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 14/11/18 14:14)
Paulo Cesar Santos