Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sem querer abusar da confiança
queira permitir-me a entrada
na fantasia imberbe do uno
encalhada no delírio da perfeita sintonia

Não vou deixá-la mergulhar na solidão
na beleza finita dos artefactos
nos jogos de mãos sem sentido
veja bem o que a rodeia e sinta-se abraçada

Chegue-se para aqui, onde a luz entra
olvide essa sensação de desespero
ponha em conflito todos os seus males
procure esse seu cândido sorriso

Não me faça perder a paciência
quem eu sou não importa
tenho-a na melhor das intuições
muito para além desse olhar perdido

Viva antes oh Mulher,
não se acanhe de mostrar o seu valor
dos outros não espere que a sigam
naturalmente fá-lo-ão se a sentirem

Sois um ser encantador
vós embutis-me a alma de desejo pelas palavras
e ao beber da sabedoria da vossa existência
sinto que deveis aproveitar
apenas o melhor que mora dentro de Vós!

Sejamos todos juntos
Amigos
Loucos
Delírio

Sejamos unidos
lutemos pelo amor
confortemo-nos na dor
iluminemos o caminho escuro dos que nos rodeiam

Sejamos humanos e unidos!



*a foto é uma tela de Susan Lyon
Manuel Marques
Enviado por Manuel Marques em 14/09/2007
Código do texto: T652706

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manuel Marques
Espanha, 45 anos
548 textos (59031 leituras)
50 áudios (13973 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/12/17 05:05)
Manuel Marques