Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O amor vence sempre a desunião


Quando nascemos, nascemos todos iguais
Crescemos uns mais no amor , aprendendo
Outros vitimas de solidão e desamor, incapacidades
Muitos brilham sem precisar de dar nas vistas
Pelo amor que reflectem e pelo estado puro do coração
Perdoando sempre na sua caminhada, por vezes chorando
Pelas injustiças e pela maldade do irmão de mente insana
Cuja a sua dor deve ser tamanha em egoísmo e desamor
Por eles eu oro e peço a Deus que os orientem, ajudem
Tragam de volta para a luz do amor,  amizade e sua paz
Que possam sentir que tem o perdão de Deus, ele é Pai
Igual para todos e aguarda que seus filhos caminhem na luz
Eu sinto a dor  do seu sofrimento e despeito até
Sinto que todos sofremos de pressão nesta sociedade
Porque uns tem que ser os melhores, acima de todos
Mas esquecem de vestir a humildade nos seu gestos
Povoar as suas mentes com pensamentos sadios de amor
Orgulho pelo irmão que cresce no seu trabalho
Por vezes cheio de lágrimas e impedimentos mas luta
Vence e caminha no amor que sente pelos seus sonhos
Sonhos que realiza na sua fé e amor a Deus
Por esses irmãos eu caminho confiante no amor
Que serão tocados em seu corações, restabelecendo
Toda a sua harmonia na alegria de viver na paz
Unidos e crescendo a cada dia mais no amor
Porque só o amor é real nesta vida e nada mais...



Betimartins
Enviado por Betimartins em 04/11/2007
Código do texto: T723194

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Betimartins
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
1699 textos (98191 leituras)
9 áudios (905 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/17 16:51)
Betimartins

Site do Escritor