Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

**HULL DE LA FUENTE,  PENSO QUE, UM DIA, AINDA TEREI QUE INVENTAR UMA NOVA ARTÉRIA EM MEU PEITO, PARA PODER PASSAR, SEM DEFEITO, TODA A SEIVA DE AMOR QUE POR TI INVENTO. MIRA IRA.

 

Tua paisagem italiana, em mim,
não cabe nos contornos dos meus olhos,
plenos de palavras ausentes,
que sentem 
tua ausência...
escritas
em suaves tons dourados,
e que simplesmente
dei o nome
de saudades.

MIRAH
Enviado por MIRAH em 14/11/2007
Código do texto: T737583
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MIRAH
Juiz de Fora - Minas Gerais - Brasil, 51 anos
1139 textos (60592 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/17 15:19)
MIRAH