Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOU VOLTAR A SER ROMÂNTICO

Vou voltar a ser romântico:
melhor notar o perfume,
cor e tecitura que tudo tem.
Brincar com palavras,
Ouvir canções de choro e dor (de mentirinha).
Dores de amores
que vem-estão-e-vão acompanhar-me
pela minha vida inteirinha.

Vou voltar a ser romântico.
Dar voltas em volta de mim
e de quem a mim rodeia,
esperando versos de amor,
amando.

Vou deixar de ser tão sério
quanto um amante.
De tudo, aos meus amores
Serei atento antes...
Ignorar o Mercado de Capital
e os Bernankes que prometem
salvar o mundo matando-o,
ignorando-o fecundo.
Fazer do ler e escrever,
meu único pecado mortal.

Vou estudar menos, mais amar.
Transar de tempos em tempos
(bem curtinhos, de preferência),
bem juntinho de corpos calientes,
penetrando todas as carências,
inovar movimentos.
Comer sem talheres as mais dadivosas,
lambuzar mão, sexo, boca, lençol e chão,
Desvelando, suadouramente, o darwinismo sexual
em seu capítulo dourado da Evolução.

Juro não ser candidato a nada
Fazer do meu negócio, a madrugada,
o riso, o ócio, a poesia e chega...
Mais nada!

Não vou mais rezar, nem trabalhar também,
para não desacontecer o sonho
Do qual há tempos acordei...
Vou fazer, enfim, dos meus últimos dias
Minhas últimas chances.
Amém.



Sylvio Carlos Galvão
Enviado por Sylvio Carlos Galvão em 07/10/2008
Código do texto: T1215236


Comentários

Sobre o autor
Sylvio Carlos Galvão
Sorocaba - São Paulo - Brasil
61 textos (4426 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/05/21 14:20)
Sylvio Carlos Galvão