Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Meu interior
Se abre
E diz
Que não há mais o que fazer

Meus olhos
Percorrem
Espaços vazios
E dizem que não mais o que ver

Meus ouvidos
Que outrora ouviam
Sabem
Que não há mais o que ouvir

Meu coração
Tão alentado
Sabe
Que não há mais o que esperar

Meu corpo
Tão amado
Sabe
Que não mais terá satisfação

Minha mente
Tão ativa
Sabe
Que não pode mais sonhar
 
     
Fátima Batista
Enviado por Fátima Batista em 23/03/2006
Reeditado em 12/12/2007
Código do texto: T127346
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Fátima Batista
Santo André - São Paulo - Brasil, 58 anos
1461 textos (77146 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/21 02:11)
Fátima Batista

Site do Escritor