Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pranto em noite fria

Pintei a casa, lavei o chão.
Tomei um vinho
Esperei a noite chegar
Noite fria, escura, sem razão,
Encolhi-me em um canto,
Pranto,
Logo a lágrima teimou em cair,
Se misturando ao orvalho da noite
Embaçando o vidro da janela
Evitando assim meu reflexo
Sem nexo, sem razão,
Sufocando minha a alma
E afogando em mim,
minha solidão.
ISABEL OLIVEIRA
Enviado por ISABEL OLIVEIRA em 22/11/2008
Código do texto: T1298196

Comentários

Sobre a autora
ISABEL OLIVEIRA
Duque de Caxias - Rio de Janeiro - Brasil, 53 anos
151 textos (10101 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 12/12/19 11:23)