Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ninguém vrnceu ninguém

Ninguém venceu a ninguém.

Ao te encontrar...
Só, no meio da noite.
Foi uma surpresa, e tanto.
Mas a surpresa maior foi ouvir
Você dizer que casualmente
Andava, procurando por mim.
Tentei sufocar dentro do peito
A emoção, que eu estava sentindo.
Para que você não percebesse.
Tentei disfarçar, a minha timidez.
Agora estamos aqui os dois.
Enfim...
Você venceu, mas na realidade.
Ninguém venceu a ninguém.
Pois, quem ganhou na verdade.
Foram, os nossos sentimentos.
Que deram, ao amor a liberdade.
De nos buscarmos pelo mundo.
Num encontro onde a casualidade.
Nos conduziu de mãos dadas.
Rumo aos caminhos da felicidade.

Volnei R. Braga

Pelotas: 19/04/2006






Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 20/04/2006
Código do texto: T141961
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 73 anos
2317 textos (155087 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/09/20 03:34)
Volnei Rijo Braga