Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ILUSÕES

ILUSÕES

Você não perdoa,
mas continuo teu,
à minha maneira,
como você diz.
Ter e não ter,
querer e não poder.
Enquanto me satisfaz o abstrato
você não consegue o prazer
na falta do concreto.
Na minha fábrica de ilusões
eu posso tudo,
construo a realização dos meus desejos,
eu vivo o que tenho
e aqui eu tenho você.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 09/05/2006
Código do texto: T152976


Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
729 textos (55261 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/03/21 12:58)
Mario Rezende