Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DELÍRIO

E tive a insensatez de rogar teu nome
Olharam para mim como se fosse louco
E louco estou:
Em busca de você pela minha lembrança
Catando cada caco, num coração partido
Atroz, atrás de algo que me suscite teu cheiro,
Estou louco de amor e
Louco de pavor
Que não te encontre mais
Em minha mente,
ainda roda tua silhueta fina
Dançando e embalando meus sonhos
E cada vez que danças, eu me lanço
Num precipício
Meu suplicio
Desde o inicio
Em que foste pelo vento, rua afora,
Com meu coração a tiracolo.

Ita poeta
Enviado por Ita poeta em 08/06/2009
Código do texto: T1637643

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Ita poeta
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 56 anos
652 textos (11766 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 11:27)
Ita poeta

Site do Escritor