Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRONTEIRAS DO ALÉM

Vamos rasgar fronteiras
Dissipar nossas limitações
E entrar nas amplidões
De infinita completude

Um do outro... Em atitude
Nos defeitos e virtudes
E desfazer a solidão
Que anda de roldão

Vamos saciar nossas procuras
Dar vazão a essas loucuras
Traçar uma estrada clara
Nos desvios curtir os arrepios

E nos entregar como a flor à abelha
E a abelha a flor no amoroso ciclo
Embriagados pelo néctar e seu vício
Ver valsar o bailarino beija-flor

Vamos deixar nossa alma
Desbravar a poesia que acalma
Refletir construções sem dramas
E nas páginas desse livro

Registrar os momentos de improvisos
Ao escrever frases dessas dóceis fases
Sem se ocupar de pontuações ou crases
Ou das anáforas e suas metáforas

Mas falando do intenso amor
Seus gemidos e grunhidos de dor
Da paixão que nos assola e devora
Que nos comove e move ao além...

Está bom assim pra ti meu bem?

Dueto: Roberta Teperino e Hildebrando Menezes
Nota: Inspirado in “Amores Etéreos” p.52
Comemorativo ao meu 800º poema no Recanto das Letras
Navegando Amor
Enviado por Navegando Amor em 11/06/2009
Código do texto: T1643428

Comentários

Sobre o autor
Navegando Amor
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2059 textos (93807 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 08:04)
Navegando Amor