Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cão violão preto

Menina dos olhos claros,
O que tu fazes a me indagar?
Já te disse,
Sou meu cão e violão solitário.

Num acaso em meu quarto,
Minha fria solidão,
Teu semblante em imaginação,
Pede pingo só de atenção.

Já fui coragem, puro no olhar,
Hoje, não mais posso o centro fixar,
Tenho medo,
Tantas quedas não me deixam acreditar.

Chamo o cão companheiro,
Violão preto e medo,
E só vou caminhar,
A você, meu desejo, do amor encontrar...
Bruno Fernando
Enviado por Bruno Fernando em 03/06/2006
Reeditado em 03/06/2006
Código do texto: T168656
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Bruno Fernando
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
70 textos (2880 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/04/20 21:19)
Bruno Fernando