Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TUDO SE PARTE, TUDO SE DESFAZ

          A ti, a mais sublime entre as sublimes
               TUDO SE PARTE, TUDO SE DESFAZ

Na incapacidade demente
Daquilo que por ti sou capaz

Tudo se parte, tudo se desfaz

Porque estás algures
Entre a minha alma e o meu coração
Desfaço e ergo sonhos
Ao sabor de uma certa paixão

Tudo se parte, tudo se desfaz

Um dia vais partir o meu coração
E o que vai acontecer à alma?
Irá vaguear eternamente por um purgatório sentimental
Até eu por fim encontrar a miragem de uma calma

E eu estou cansado
De te procurar
Estou tão cansado de viajar
Por cantos e recantos
Que julgo ser o desejado abrigo
Quando os meus lábios se unem
E te sussurram à distância ao ouvido
Palavras secretas
Que dizem que quero estar contigo
E só contigo
Para colocar um fim a esta odisseia
Que começou
Na louca ideia
De que havia de amar e ser amado
Sonho eternamente contrariado
E se assim é
Porque não lhe chamo pesadelo?
Porque te encontrei
Ponta solta no meu novelo
Que ando a desatar
Com todo o cuidado
No desejo impossível
De querer estar ao teu lado
Por mil poemas
Mil rimas
Incontáveis vidas
Da minha imortalidade
Descobri contigo o primeiro amor
Após inúmeras paixões
E é esse o meu silêncio
Mais secreta verdade
Miguel Patrício Gomes
Enviado por Miguel Patrício Gomes em 27/06/2006
Código do texto: T183081


Comentários

Sobre o autor
Miguel Patrício Gomes
Portugal
5532 textos (188191 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/02/21 23:21)
Miguel Patrício Gomes