Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passarela das solidões


Você, Rainha da noite
desfilando na madrugada
de braços em braços tu vives
sem ao menos saber o que quer
fazes da noite teu meio de vida
pêlos bares da vida vais bebendo
tristezas, no cálice das ilusões.
vende teu corpo a quem da mais
pelo simples prazer de uns minutos
acalmar a fera que vive em você
sem importar ou pensar no amanhã
quando a noite acaba, partes só.
sem ninguém, sem um peito amigo.
a, ampara-la na passarela das solidões.
onde desfilas, buscando pôr guarida.
no seu quarto em frente ao espelho
enxuga a lagrima que rola no rosto
retira a maquiagem e se decepciona.
pois descobre que não tem mais nada
alem de seu corpo, velho e cansado.
de rolar nos braços da desilusões.

vovonei

Balneário dos Prazeres, 1982








Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 16/07/2006
Código do texto: T195095
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155362 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 27/02/21 07:11)
Volnei Rijo Braga