Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Eterno

E eu amei.
Amei como nunca julguei amar um dia.
Amei cada gesto.
Cada olhar.
Cada palavra.
Cada suspiro.
Cada riso.
Cada pranto.
Foi assim que eu o amei um dia.
Ainda  amo e amarei para sempre.
Verdade...
Pensava mas em você do que em mim.
Suspirava só de pensar em você.
Assim eu segui minha vida feliz.
Feliz por ter você na minha vida.
Mas um belo dia o destino nos separou.
Lágrimas de dor cortaram meu peito.
Sangraram minha alma.
Mudaram o meu rumo.
Ainda assim agarrei-me a esperança
De que um dia voltarias.
E este tempo, não passou...
Anos de angústia, solidão, espera...
A saudade dentro do meu peito.
Até que um dia eu vi você chegar.
Com o mesmo riso.
Com o mesmo olhar.
Que me encantou um dia.
E então eu pude finalmente tê-lo em meus braços.
No maior abraço de minha vida.
Ah filho meu...
És o maior presente que Deus me deu.
Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 04/12/2009
Código do texto: T1960425

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
345 textos (32879 leituras)
3 áudios (633 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/19 17:13)
Iolanda Brazão