Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AUSÊNCIA

Onde estavas quando eu escalava a mais alta montanha
Para saber-lhe as entranhas, lavas vulcânicas,
Quem fora, quem fui,
Saber-te o passado,
Saber-te agregado
Ao meu coração
De soluços
E sonhos?

Onde andavas quando navegava os mais estranhos mares,
Lançava-me aos ares, sereno, seguro,
Pesado, impuro,
Sabias-te longe,
Quiçá quase onde
Busquei encontrar
Teu amor,
Teu amar?

Onde ousavas quando eu te esperava em veludo e verão,
Punha-me a versos, singelos, complexos,
Erguia o martelo e cozia madeiras,
Portais de cipó, estranhas esteiras,
Lírico e lúcido,
Límpido, úmido,
Lâmina, túrgido,
Feliz coração?

Ah...nem diga, nem fale,
Nem conte, nem cale,
Nem quero que exale,
Amar ora basta-me,
Ou não.



Preto Moreno





Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 19/07/2006
Código do texto: T197327


Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
9212 textos (124796 leituras)
23 áudios (507 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/03/21 08:24)