Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Não desligue:



Alo... me perdoa.
O adiantado da hora
Sei que não devia ligar
Mas me sinto tão sozinho
E preciso falar com alguém
Não desligue, me deixe falar.
Por favor, me de esta chance.
De lhe dizer o quanto te amo.
Pois só no telefone conseguirei
Dizer-te o que jamais te disse
Mas se não quiser me ouvir
Paciência, o que vou fazer
Pois cabe a você decidir.
Se deves me ouvir ou não.
Agora vou desligar e esperar
Que você ligue me dizendo sim
E, que me aceita em sua vida.
Como seu homem, seu amante.
O homem que manda flores
E lhe diz, eu amo você.

vovonei

Balneário dos Prazeres
           23/06/06





Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 22/07/2006
Código do texto: T199172
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
2317 textos (155361 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/02/21 01:15)
Volnei Rijo Braga