Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RAPAZ APAIXONADO

Nesta tarde principia
Por entre o jardim em flor
Certo cheiro que irradia
No vento aroma d’amor

Pairando em meio à praça
Inspira vida e quimera
O odor da rosa com graça
Que embeleza a primavera

Rapaz fica alucinado
Cheira o perfume a vagar
Pelo céu de apaixonado
Tendo a chuva a lhe molhar

Esse breve temporal
Apressa o arrebol na tarde
Dando ao dia seu final
Numa pressa num alarde

Rapaz colhe então a rosa
A tremer a delirar
Sai da praça em polvorosa
A girar girar girar

No bailado da paixão
Corre corre na calçada
Sem valer-se da razão
Corre ao palácio d’amada

Chega menino e cheiroso
No castelo da realeza
Onde o espera mui formoso
Anjo amado da beleza

Dá um grito quase forte
Que nasce do fundo d’alma
Dizendo: - Eu tenho sorte
Tenho um amor que me acalma

Ao vê-la sobre a janela
Com sorriso de alegria
Revive na noite bela
Suspiros de nostalgia

Aberto portão trancado
Sai nua e beija faceira
Botão da rosa fechado
Que desabrocha-se inteira

No palácio agora a sós
Segredos irrevelados
Guardarão de todos nós
Quaisquer prazeres trocados

E todo leitor curioso
Da imaginação parceiro
Idealiza bem zeloso
Esse amor tão verdadeiro
(Alexandre Tambelli, março de 2004, para Carla)
Alexandre Tambelli
Enviado por Alexandre Tambelli em 08/08/2006
Reeditado em 01/10/2013
Código do texto: T212162
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre o autor
Alexandre Tambelli
São Paulo - São Paulo - Brasil, 52 anos
674 textos (146215 leituras)
8 áudios (3208 audições)
1 e-livros (410 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/04/21 15:36)
Alexandre Tambelli