Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Taça

A taça caiu da mesa...
Chamou por ti
com duas sílabas de aurora,
e derramou o sangue das vinhas
sobre a toalha.

Cantou teu nome matinal
com dois acordes de luz
e, depois do pânico estabelecido,
deixou lágrimas de cristal
cintilando no tapete.

O buquê instituído
invadiu a casa
com amoras e pitangas,
vestindo de silvestre aroma
a tua ausência permanente.

E encantou a solidão...
Vaine Darde
Enviado por Vaine Darde em 08/08/2006
Código do texto: T212207


Comentários

Sobre o autor
Vaine Darde
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
543 textos (94729 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/04/21 10:58)
Vaine Darde