Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Do Amor e da Paixão II

O jogo sagrado da paixão
Me faz lembrar, em certa medida
Os sacrifícios a um deus pagão
De uma certa civilização perdida...

Que por isso mesmo se perdeu:
Esse deus faminto a cada momento,
Exigia imolado, um coração ao seu
Para aplacar seu feroz sentimento.

Mas e esse que nunca cessava?
E a fome, que não se extinguia?
Por mais que o povo chorava,
Por mais que de paixão sofria,
Mais o deus regozijava,
E mais sacrifício queria.

Insaciável, pois que nunca completo,
Era seu coração, que ansiava sempre mais
Desprezava as dádivas do amor, do afeto
E ofertava a vida às paixões mais mortais.

E um dia de tanto somente querer,
De tanto só perseguir, aprendeu:
Esse deus, em fogo pôs-se a consumir
E diferente da fênix, não renasceu

Pois que de tanta paixão em aberto,
De tanta sofreguidão e procura,
O que da cinza faz renascer, por certo
É o amor, que lhe traria a cura.
Odemilson Louzada Junior
Enviado por Odemilson Louzada Junior em 24/03/2010
Reeditado em 24/05/2013
Código do texto: T2156779
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Odemilson Louzada Junior
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 45 anos
299 textos (14057 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/11/19 21:39)
Odemilson Louzada Junior