Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CLAMOR!

Me dá tua boca?
Estou deserto!
Varre-me ventos solares,
Aplaca-me a fúria de maremotos
Que insistem morar nos meus olhos.
Do meu peito, coração em fuga...
Dá-me a porção da fé dos que não acreditam,
Dos que não te desejam,
Dos temerosos que fogem do teu mar impetuoso.
Abrasa-me com teu fogo perdido,
Com teu desejo retido,
Reservas inesgotáveis para minha fome infinita!
Sacrifica-me como se muito valesse,
Como se minha alma te pertencesse,
Como se houvesse sentido.
Eu prefiro me calar ante teu gemido!
Vou cravar meu corpo no teu corpo,
Até que sejamos indivisíveis,
Até que teu medo se apavore,
E as dúvidas se percam.
Guaraci Pachú
Enviado por Guaraci Pachú em 25/03/2010
Código do texto: T2158640

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Poesia de Guaraci Pachú). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Guaraci Pachú
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 50 anos
21 textos (1949 leituras)
1 e-livros (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 15/06/19 18:35)