Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BELA SEREIA


Texto inspirado em Tela, Letra e Música
do poeta, compositor e amigo, Luiz Gilberto de Barros  (Luiz Poeta)

 
Quando a saudade apertar,
No mar, vou lhe procurar...
Foi lá, que um dia encontrei,
O homem que tanto amei...
 
Seria eu...sempre eu...
Palavras que de ti ouvi.
No meio de tantas sereias,
A mais bela p’ra ti era eu...

Hoje não quero acordar,
Está bom...sonhar com você...
Nosso encontro na beira do cais,
A brisa o mar e você...
 
 Amar-te é tudo p’ra mim,
Não importa em que estação.
Se é inverno, outono ou verão,
Quero, primavera em meu coração.

Estarei sempre à esperar,
Quando teu barco aportar...
O meu destino é amar
Junto de você ficar...

Nadir D'Onofrio
05/06/2005- 20:11h
Santos/ SP
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 10/07/2005
Reeditado em 24/08/2018
Código do texto: T32778
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir DOnofrio
Serra Negra - São Paulo - Brasil
944 textos (98563 leituras)
147 áudios (13463 audições)
18 e-livros (4391 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/18 11:14)
Nadir DOnofrio

Site do Escritor