Presença

Você veio
E pôs seu sorriso
Neste rosto vazio.
Um rubor então cobriu
Um facho de luz e calor
Tanto foi o carinho.
E quebrou as correntes
E abriu janelas e portas
Regou flores mortas
Com olhar de esperança
E se fez primavera
Refez tudo o que não era
Nada então, só sonho.
Em cores, em luz
Você pintou quadros
A formar paisagens
Do seu mundo a seu redor.
Assim tudo se criou
De um pedaço do deu ser
Um olhar, um sorrir, um soprar
Apagando o dia
Se fazendo noite
Me ensinando a te amar.
Maurício Victor de Uzeda
Enviado por Maurício Victor de Uzeda em 12/07/2005
Reeditado em 08/02/2017
Código do texto: T33290
Classificação de conteúdo: seguro
Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.