Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eternidade

Foi como uma noite nua,
quando teus olhos... que olhos!
depararam, cruzaram aos meus.
sentir-me fraco, sem saber, sem poder...relutar.
Era sombra do amor novamente,
tuas palavras conduziam-me,
despertavam-me a um encanto de amor.
Roubar-te-ei do meu próprio mundo,
para esconder-te nos mares do meu destino.
És tú, perfeito ser que em mim, hoje habitas...
Encanta-me...
com teus olhos... que olhos!
Olhos penetrantes, da magia do amor!
E quando tu me perguntares:
- De que reino és?
Respondo, sem ao menos pensar!
- Do teu! Do teu reino de amor!
Como é linda tua voz, doce
passagens de primavera.
Quero-te para sempre
escrito nos mares de meu destino.
Por que Amo-te!
E entregarei a eternidade pelo teu amor.
Pois é o que fazem os corações apaixonados.

Fábio Aiolfi
Enviado por Fábio Aiolfi em 16/01/2012
Reeditado em 11/05/2015
Código do texto: T3443651
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Aiolfi
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 29 anos
113 textos (66554 leituras)
5 áudios (847 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/12/17 10:19)
Fábio Aiolfi