Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SAUDADE II


Um dia sem a tua presença
Parece uma eternidade
Lei da relatividade
O destino já decretou a sentença:
Morrerás envenenada de saudade!
Então rogo de joelhos a Deus Pai,
A chance de ao menos me despedir,
Revelar meu louco
e doce segredo!
Assim morreria tranqüila,
 Em paz!
Sem medo!
Com a certeza de que fui coerente,
Leal.
Abrindo pra ti meu coração lacrado
Dilacerado!
Antes de ganhar a paz celestial!

Benvinda Palma
Bemtevi
Enviado por Bemtevi em 18/01/2007
Código do texto: T351442

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Bemtevi
Londrina - Paraná - Brasil
3013 textos (233781 leituras)
1 áudios (68 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 05:42)
Bemtevi