Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deixa-me Ser


Deixa-me Ser!..

Deixa-me ser o orvalho que te refresca,
quando o calor te incomoda!
A visão de teus olhos, quando dormes,
e estás cansada!
A caridade pura, quando estás ocupada
O Amor Sereno que te leva à Paz!

Deixa-me ser tudo e nada.
Quero te matar a sede, quando sedenta estás.
Te dar um beijo e te fazer amor.
Valsar, no espaço, como amantes queridos,
colher a flor do meu inesquecível amor!..

Já desisti de lutar!..
Te aceito, em minha vida ,
hoje, amanhã e depois..
Quero te dar as mãos.
Toma, enquanto é tempo.
Meu coração leva-o contigo,
cuida dele, para que não morra,
sem antes de te ter querido!..

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br
Araruama
Est.RJ
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 19/01/2007
Código do texto: T352799

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 85 anos
438 textos (16424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 17:37)
Poeta Amor