Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SIMPLESMENTE BENVINDA



Não queria ser-te a pedra ,
mas a pétalas de flor
que borda o teu caminho
e descansa teus pés
carcomidos pela dor.
 
Não queria ser-te o fel,
mas o mel que adoça
a seiva de teu viver,
a fonte de águas puras
que sacia tua sede
de carinho aqui na rede

Não queria ser-te o espinho,
mas a rosa do teu caminho,
para te levar a  beleza
o doce aroma da natureza

Não queria ser-te o turbilhão,
mas a brisa que toca a tua face,
com magia e candura
e com ternura te acariciasse,
tirando-te a amargura
tirando-te a solidão.

Não queria ser-te o desconforto,
mas o bálsamo que te acalma,
o refrigério da tua alma,
que te faz ficar absorto,
pelo enlevo de viver!

Não queria ser-te as trevas,
mas o sol que te ilumina,,
que te aquece e fascina,
que leva brilho ao teu olhar,
e que te faz sorrir e sonhar.

Não queria ser um corpo estranho,
mas invadir tua vida com liberdade,
conquistar a tua amizade
e que ela fosse sem  tamanho
sincera, infinda
ser simplesmente bem-vinda!

Benvinda Palma




Benvinda Palma
Bemtevi
Enviado por Bemtevi em 20/01/2007
Reeditado em 08/12/2014
Código do texto: T353590
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Bemtevi
Londrina - Paraná - Brasil
3016 textos (233848 leituras)
1 áudios (69 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 03:58)
Bemtevi