Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O POEMA DEIXOU-ME NUA



Um pensamento-verso deixou meu peito
Tão tênue como o fio do bicho-da-seda
Levou consigo um pouco de minha essência
Senti , aos poucos, outras palavras
Retirando-se das minhas partes interiores
A formando um mosaico colorido de ternura
Tal qual um caleidoscópio...
Senti frio, senti calor
O ardor da poesia transmutando-se
Da inspiração à arte final
Lentamente!
Olhei para fora de mim, senti-me nua
A meus pés, minhas vestes de sonhos
Repousavam
Em minhas mãos, o poema exalava o perfume
De nosso imenso amor!

Denise


Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 05/02/2005
Código do texto: T3537


Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 61 anos
11345 textos (953819 leituras)
16 áudios (8943 audições)
311 e-livros (34595 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/20 13:10)
Denise Severgnini