Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor, meu grande amor

Amor, meu grande amor,
conta-me que a tua sensação era morte
dentro dos rugidos de leão doente,nos braços da mata,
da mesma forma que eu era uma concha enclausurada no breu,
um destino de sol e sal inquietos,
dormindo entre ondas revoltas e intermitentes.

Amor, meu grande amor,
tudo que te prometo é este meu cego amor inconsequente
e tudo que serei é este espelho refletindo os teus nos olhos meus, tua vida na minha vida,
eterno elo do amor jardineiro,
que dure o tempo que eu mereça sonhar e viver pelo avesso.

Quero te lembrar nossas andanças nas estrelas,
longe das tempestades de dúvidas e convicões,
tudo era um racimo de melodias abrindo janelas eternas,
onde anseios desfilavam e cumpriam nosso amor
do fim até o começo.

Amor, meu grande amor,
fecha os olhos agora e me verás sorrindo à janela,
porque sou o céu e o mar e tu és luz e infinito,
somos juntos uma só sombra de dois arvoredos,
nosso amor é a imensidão.

Brasil - 23/01/2007

Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 23/01/2007
Código do texto: T356353

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 58 anos
585 textos (25100 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/09/20 00:21)
Inês Marucci