Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O mais doce frasco

Aqui, tão agora, tão perto e tão empolgado
Não relato um simples depoimento
Relato um marco

Conhecê-la
Acaso ou destino?
Não sei,
Não sei se fui rico ou grato

Só sei que ela é
Um fato
O mais doce dos frascos.

De poucas e muitas expressões
Risos que se sucedem
Em agradáveis convicções

Mas Quem ela será?
Ela...
Ela verá

Embora, no meu interior, vejo
Sê-la a quem se destinou
Nos corredores da vida
A encontrarei sem supor

Neste momento a verei
Com propósitos almejados
E lindos sonhos alcançados

E agora eu escrevo
O perfeito depoimento
De outrora, pensamentos.

“Eu canto porque o instante existe
e a minha vida está completa.
Não sou alegre nem sou triste:
sou poeta”.

*********************************************************************
O verso entre aspas é um fragmento do poema de Cecília Meireles “Motivo”
*********************************************************************
Rascunho de Poeta
Enviado por Rascunho de Poeta em 23/01/2007
Reeditado em 05/02/2007
Código do texto: T356765

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Rascunho de Poeta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 39 anos
140 textos (7897 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 17:24)
Rascunho de Poeta