Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO SUSPIRO MEU AMOR, POR ESTE MOMENTO...

Percorro o Cabo das tormentas
E o Mar das Tempestades
Dentro de mim mergulho, perdido…
O silêncio rompe o barulho da agonia, e da desilusão

Em torno de mim, pairam vozes celestiais
És a minha luz, o meu Sol, o meu Universo
Onde os meus beijos, pousarão tranquilos
E o silêncio gritará, até que a voz lhe doa

O tempo nubloso e escuro, ganhara cor, e alegria
Soltarei suspiros e ais, beijarei teus seios, teus lábios
Em horas profundas de prazer, e paixão
Como suspiro meu amor, por este momento…
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 26/01/2007
Código do texto: T359889

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 68 anos
373 textos (28400 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/09/20 10:18)
Mário Margaride