Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versinho de cansaço

Eu canso! e meu cansaço nem me apreende mais
Só me faz ser cansaço porque somente sou vil caçador
Eu vou na cor da poeira que se estende
E sente o verso de um conceito dito com tal teor!

Não me sinta ou tente me sentir
Sentimento é coisa própria, não se reparte
Lace tuas agulhas e se vá com flores que murcharão
Eu fico só! como folha que espera o outono para chegar à Marte!
dhália
Enviado por dhália em 27/01/2007
Código do texto: T360220

Comentários

Sobre a autora
dhália
Salvador - Bahia - Brasil
238 textos (5522 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/09/20 19:14)
dhália