Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudade de ti

Sim, a saudade apertou
Meu peito cansado
Já dilacerado pela dor
E percorreu arfante pelo universo
Dessa ausência que é meu fado...

Nas noites insones e vazias
Meu pensamento divaga
Chega às estrelas distantes
E pergunta-lhes onde estás
E não obtenho resposta...

Nessa noite, em horas altas
Todo o meu ser se desnuda
Levado pelo desejo que o consome
Chega à Lua quase morta
E clama ao astro pelo teu nome...

Mas os astros não me ouvem
E o mar é o meu destino
Mergulho nas suas profundezas
E chego ao teu coração já sol a pino
Tão frio, tão sem beleza...

E o mar na sua grandeza me anuncia
Que estás muito longe de mim
Distante da minha fantasia
Na vastidão do teu egoísmo
Que te faz cada vez mais assim...

Volto a minha realidade
E o mundo que vejo lá fora
Convida-me para viver a ventura
De voltar a ser eu mesma
Longe da solidão que me apavora...

Mena
Enviado por Mena em 14/04/2012
Código do texto: T3612595
Classificação de conteúdo: seguro


Comentários

Sobre a autora
Mena
Brumado - Bahia - Brasil
539 textos (118965 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/03/21 05:59)
Mena