Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RETRATO DO AMOR MAIS LÍDIMO
Juliana Valis


Quis desenhar tua face, mas não consegui

Quis rabiscar no verso o retrato lídimo do terno amor,

E eis que aqui só vejo teu belo rosto que não sorri,

Confundindo, em mim, os fragmentos de quem não sou




Quis desenhar tua face no cerne desta simples alma

Quis escrever na estratosfera uma declaração do mais suave amor,

E eis que aqui estou, na quimera que não me acalma,

Procurando sombras do êxtase que nos restou




E pedi, atônita, que meu coração calasse

Supliquei ao vento que tua face  escrevesse em mim

Um retrato do amor que o sentimento enlasse

Em todo átimo do tempo que fugiu, assim,

Em busca só do vento e da paixão mordaz...




E, sem paz, quis desenhar teu retrato

Mas consegui, ao menos, fazer-te sorrir ?

Não auferi nem um terço do sonho, de fato,

De ser tua sina, teu sol que se põe bem aqui

No amor  sonoro e mais lídimo , será céu insensato ? 



----
www.julianavalis.prosaeverso.net







 







Juliana Silva Valis
Enviado por Juliana Silva Valis em 28/01/2007
Reeditado em 28/01/2007
Código do texto: T361451


Comentários

Sobre a autora
Juliana Silva Valis
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 36 anos
4121 textos (917387 leituras)
4 e-livros (1916 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 12:31)
Juliana Silva Valis