Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cantemos o amor!

Cantemos o amor
Cantemos o amor

Existir, sorrir, sentir.. Ir em
tua direção
Encontrar-te sem medo, abrir todas
as reservas sem deixar arestas.
Cantemos, amor sublime puro
Amor essência infinito
Cantemos o lá, lá, lá de amor por
amar.
Cantemos, pois esse amor, respirar.
o imo, extravasar em abraços e
gemidos duplamente sonhados.
Cantemos em respiração única,
inalando odores com beijos eloqüentes
Respiremos nossos ungidos, engolido
nossas salivas ardentes.
Sem pudor nos despimos pra o amor
Almas e corpos em entrelace vital
fêmeo... Cumplicidade de homem varonil
Sem pudor me despiu a alma
Viveremos esse amor sem rimar dor.
Sujar-nos-emos, gritaremos até se for
preciso.
De maneira linda e suave... Cantaremos
a cumplicidade que a luz do teu "ser"
me devora.
Em mim tudo aventura com tamanha bravura.
Toma-me constante em idealidade em chamas
pra sempre sua amante

metadedemim
Enviado por metadedemim em 30/01/2007
Reeditado em 30/01/2007
Código do texto: T363740


Comentários

Sobre a autora
metadedemim
São Paulo - São Paulo - Brasil
42 textos (2092 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/09/20 09:58)
metadedemim