Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUA REVIGORANTE

Pela fresta do casebre se via a lua.
Lua linda e brilhante a luzir.
Lá do alto iluminava os caminhos,
encobertos e sem cor.

Cor da noite que inspira, convidando ao amor.
Amor que rega e nutre a vida.

A lua esconde-se, pois aí vem o sol:
reluzente, dissipando as sombras;
mostrando a vida tão dura no casebre.

Sabor salgado alojado nos lábios,
do líquido escorrido em gotas originadas na testa.

Na marmita? Sonhos tão doces... O lar!
Eis que já está na hora de ao casebre retornar.

A fresta aguarda outro raio de luz,
mais intenso e colorido de azul.

O cansaço de um dia sem alegria se esvai.
O ciclo da vida que a lua ilumina já vai começar!

Carmen Rubira – julho, 2006.
 
Carmen Rubira
Enviado por Carmen Rubira em 07/02/2007
Código do texto: T372189

Comentários

Sobre a autora
Carmen Rubira
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 62 anos
77 textos (20205 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/20 11:27)
Carmen Rubira