Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CALOR HUMANO

Sinto em teu corpo querida
O sinal da vida a pedir
Que eu me entregue a você
Mas,todos por certo dirão


Neste momento de injúrias
Ditas por bocas malditas
Que o nosso amor é impossível
Até que aceites o perdão


Resta-nos pouco tempo de espera
Num mundo cheio de guerra
E quem sabe um dia nos meus braços
Consiga entender meu amor


Vivo sem nada a esperar
Somente os teus lábios beijar
E juntos numa só alma clamar
Somos dois num corpo a brilhar
Francisco Albano Boscatto
Enviado por Francisco Albano Boscatto em 07/02/2007
Reeditado em 28/02/2007
Código do texto: T372584


Comentários

Sobre o autor
Francisco Albano Boscatto
Flores da Cunha - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
163 textos (30508 leituras)
22 áudios (17015 audições)
14 e-livros (3601 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/09/20 03:23)
Francisco Albano Boscatto

Site do Escritor