Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR NOS TEMPOS DO DENGUE

Tempos difíceis!
Saímos eu e ela
matando mosquitos
pelo bairro.
Encontramos focos
de aedes aegypti
em velhas caixas-d'água,
em garrafas abertas,
em águas paradas.
Derramamos água suja,
falamos com pessoas,
constatamos doentes
a mais
na cidade.

De repente, paramos
para descansar.
E ela veio
e me disse
que o dia estava bom.
Eu perguntei o porquê
e ela, rindo, me disse
que era por estar comigo.

E eu a beijei,
como o moço da novela.
Surpresa, ela deixou
o calor súbito fluir
dentro de sua pele
e, olhar maroto, me disse
o quanto eu era abusado.
Tremi.
E ela sorrindo:
gostei!

Deodato
Enviado por Deodato em 07/02/2007
Código do texto: T372760
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Deodato
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 51 anos
133 textos (6394 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/20 04:14)
Deodato